MP apresenta Projeto Cegonha ao Ministério da Mulher e debate mais uma parceria



O “Projeto Cegonha: Efetivando a Dignidade”, do Ministério Público estadual, foi apresentado à secretária Nacional de Políticas para a Mulher, Cristiane Rodrigues Britto, e à diretora do Departamento de Promoção da Dignidade da Mulher, Teresinha Neves, ambas integrantes do Ministério da Mulher. Na videoconferência, realizada ontem, dia 9, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (Cesau) e as gerentes do Projeto Cegonha, promotoras de Justiça Patrícia Medrado, Andréa Scaff e Juliana Rocha, respectivamente, debateram o estabelecimento de mais uma parceria com o Ministério, desta vez para incrementar a atuação do MP no acompanhamento das ações de pré-natal em todo o estado da Bahia, a partir do protagonismo da mulher gestante “garantindo-lhe o acesso fácil e rápido a informações via inclusão digital, o que trará como resultado um salto de qualidade na assistência a sua saúde”, afirma a Coordenadora do Cesau, Patrícia Medrado. Também participaram da reunião o coordenador Coordenadoria de Gestão Estratégica do MP (CGE), promotor de Justiça Lourival Miranda de Almeida Júnior, o diretor de contratos do MP, Carlos Bastos Stucki, a secretária executiva da CGE, Ana Carla Martins e as servidoras Adriana Trindade e Eleane Costa.

Prêmio Innovare

Este ano, duas das práticas já realizadas na execução do Projeto Cegonha estão concorrendo à 17ª Edição do Prêmio Innovare. O Observatório de Maternidades da Região Metropolitana de Salvador, de autoria dos promotores de Justiça Mirella Barros C. Brito e Rogério Gomes de Queiroz, e o Monitoramento da Qualidade do Pré-Natal, realizado na comarca de Jequié, de autoria da promotora de Justiça Juliana Rocha Sampaio e do servidor do MP Lucas Andrade Souza Serra. O Projeto Cegonha visa induzir a redução da morbimortalidade materna e infantil e tem como foco a resolução extrajudicial das irregularidades identificadas na prestação do serviço público de saúde, preferencialmente com atuação concertada entre os gestores, os profissionais de saúde e demais órgãos integrantes da estratégia da Rede Cegonha.

Redator: Gabriel Pinheiro DRTBA 2233

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *