Maternidade do Hospital Roberto Santos é visitada por equipe do projeto Rede Cegonha

Mais uma etapa de fiscalizações do “Projeto Rede Cegonha: Efetivando a Dignidade” foi realizada nesta sexta-feira, dia 16, em Salvador, com a visita de uma equipe do Ministério Público estadual à maternidade do Hospital Geral Roberto Santos. A fiscalização faz parte de uma estratégia de acompanhamento da efetivação da assistência à saúde voltada às gestantes, parturientes e recém-nascidos, cuja finalidade é identificar e corrigir deficiências da Rede Cegonha nos municípios e, como consequência, reduzir a morbi-mortalidade materna e infantil no estado da Bahia. Durante as visitas são avaliadas questões como qualidade do pré-natal, estrutura hospitalar, disponibilização de profissionais capacitados, dentre outras

Na visita de hoje à maternidade do Hospital Roberto Santos, a promotora de Justiça Mirella Brito, coordenadora do projeto, com o apoio da assistente social Candice Lisboa do Centro Operacional de Apoio à Saúde (Cesau), identificou que a maternidade possui um perfil sanitário adequado ao atendimento das gestantes classificadas com gestação de alto risco e que a unidade sofrerá reformas para adequação a diretrizes do Ministério da Saúde, mas detectou algumas falhas na assistência da rede preconizada pelo Rede Cegonha e insuficiência de leitos na UTI pediátrica, dentre outras. . O projeto “Rede Cegonha” pretende visitar maternidades, unidades de Saúde e hospitais com atendimento obstétrico em toda a Bahia em 2018.

Fotos: Rodrigo tagliaro/RodTag

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *